Conheça os diferenciais e a inovação no uso de plantadeira de cana

28 fevereiro 2020
MMT

Plantio de Cana em usina do Grupo Raízen

O Brasil é um grande produtor de cana-de-açúcar e tem se destacado pelo plantio de cana mecanizado. Nos últimos anos, os produtores rurais brasileiros têm buscado mais tecnologia através de uma máquina que reduz custos operacionais e potencializa qualidade: a plantadeira de cana.

O uso de máquinas modernas está revolucionando o setor sucroenergético. Afinal, ele tem permitido a otimização de processos e diversas etapas no canavial através de um só equipamento.

Sendo assim, entenda agora como toda a tecnologia de uma plantadeira de cana-de- açúcar pode melhorar operações e gerar mais lucro.

Setor sucroenergético: plantio de cana mecanizado e do uso da plantadeira de cana

De acordo com análise feita pelo Programa de Educação Continuada em Economia e Gestão de Empresas (Pecege), da Universidade de São Paulo (USP), as estimativas para a safra da cana 2020/21 são positivas. Além das condições de clima e de manejo, o plantio de cana mecanizado é um dos fatores que contribuem para o alto rendimento do setor.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou um levantamento da safra de cana-de-açúcar 2019/20 que revela um aumento de 4,9% na produtividade dos canaviais brasileiros. A comparação é feita em relação à safra anterior e mostra o impacto das tecnologias no campo.

Neste cenário, destaca-se a plantadeira de cana PTX 7010, da TMA Máquinas.

Tecnologia para alto rendimento: a plantadeira de cana-de-açúcar PTX 7010

O dinamismo do agronegócio e das etapas de produção de açúcar e etanol, por exemplo, demandam máquinas de alto desempenho operacional. Nesse sentido, a modernidade de um equipamento consiste em manter alta funcionalidade e qualidade operacional.

Plantadeira de CanaA plantadeira de cana PTX 7010 está conquistando cada vez mais espaço no mercado por reunir estas características, além de garantir durabilidade. A máquina é versátil, pois apresenta a possibilidade de fazer duas linhas de plantios simultaneamente. Com potência tracionada acima de 200 CV, a plantadora TMA conta com uma série de opcionais, como automação com diversos controles, discos de corte de palha, dentre outros.

Em suas duas linhas de plantio, a plantadeira de cana PTX 7010 consegue atender todos os espaçamentos praticados, além de realizar tarefas como:

  • Operações de sulcação;
  • Adubação;
  • Distribuição das mudas;
  • Aplicação de inseticida/fungicida;
  • Cobertura dos sulcos por discos cobridores com regulagem fina para eliminação do ar sobre os toletes.

A alimentação das mudas do compartimento de carga é feita por transbordamento gradativo da caixa de carga, por cilindros hidráulicos. Dessa forma, a plantadeira de cana consegue manter a distribuição de mudas adequada e na quantidade desejada.

Quais as principais vantagens da plantadeira de cana-de-açúcar PTX 7010?

Toda a tecnologia da plantadeira de cana PTX 7010 contribuiu para que a TMA Máquinas fosse premiada em outubro de 2019. A marca recebeu do grupo LIDE (Grupo de Líderes Empresariais) um prêmio que reconhece a tecnologia da empresa no agronegócio, destacando o portfólio TMA Máquinas em uma disputa que envolveu grandes marcas de todo o país.

+ LEIA MAIS: Case IH lidera venda global de colhedoras de cana-de-açúcar

Assim sendo, conheça agora as principais vantagens da plantadeira de cana que está revolucionando o plantio mecanizado no Brasil:

  • Dois sulcadores com desarme por fusível, dando maior performance da sulcagem e regulagem da largura do sulco;
  • Dimensão dos toletes: 300 a 450 mm;
  • Capacidade de inseticida (líquido): 600 litros (dois tanques / 300 litros cada). Opcional 2 tanques de 600 litros;
  • Aplicação de adubo (granulado): duas caixas em polipropileno, com rosca sem fim em inox e duto inferior de condução em inox. Opcional adubo líquido;
  • Defensivo agrícola com bomba de pistão positiva. Opcional bomba de polietileno de membrana para produtos agressivos com acionamento com motor hidráulico e dupla agitação;
  • Velocidade sugerida para plantio: 5 a 8 km/h;
  • Sistema de comando eletro hidráulico e controle de velocidade das esteiras dosadoras;
  • Espaçamento de plantio: 900mm a 1500mm;
  • Roda limitadora de profundidade: regulagem conforme a necessidade de profundidade do sulco;
  • Cobridores: com sistema quatro barras copiadora do solo e regulagem fina dos discos côncavos através de catracas. Atuador hidráulico para levante e correntes para transporte;
  • Duas rodas tombadoras de tolete para assentamento dos toletes;
  • Destorroador: duas rodas tipo carambola para quebra dos torrões, acionadas hidraulicamente;
  • Rodado: eixo em sistema Tandem com pneus de alta flutuação/baixa pressão, que contribui para a redução da compactação do solo. Os sulcadores permitem regulagens para espaçamento de plantio, profundidade e largura do sulco;
  • Melhor manobrabilidade, estabilidade e trafegabilidade;
  • Maior capacidade e autonomia dos compartimentos (mudas, defensivos e fertilizantes);
  • Monitoramento do plantio composta por cinco câmeras blindadas, infravermelho, IP67. Monitor de 15,5” para visualização simultânea de quatro câmeras.

Além disso, quem opta pela plantadeira de cana PTX 7010, conta com a assistência técnica de excelência da TMA Máquinas e um amplo estoque à disposição e reposição de peças de seus equipamentos.

Sobre a TMA Máquinas: tecnologia para alto desempenho e confiança no setor sucroenergético

TMA Máquinas desenvolveu o maior transbordo do mundo com a confiança do setor sucroenergético

A TMA Máquinas foi criada em 2007, com o objetivo de atender a demanda por um sistema completo de mecanização para o setor sucroalcooleiro. A marca é parte do reconhecido Grupo Tracan, que possui unidades estrategicamente localizadas nos principais polos agrícolas dos estados de São Paulo e Minas Gerais.

Dessa maneira, ambas as marcas estão fortemente vinculadas com as regiões que concentram 40% da produção canavieira do país. Em sua trajetória atendendo grandes produtores do setor, A TMA é reconhecida pela inovação, tecnologia e a robustez de seus produtos.

Apesar de estar presente na maioria dos grandes grupos do setor sucroenergético, os equipamentos da TMA alcançam também a produção de grãos, florestas plantadas, café e laranja.  Atualmente o portfólio TMA Máquinas conta com os seguintes produtos:

- Transbordos de cana, grãos e laranja;

- Carretas de torta;

- Carretas de vinhaça;

- Plantadeira de cana;

- Carreta transportadora de plantadeira;

- Carreta florestal.

Pioneirismo no agronegócio

Os transbordos representam a principal categoria de produtos da TMA e a cana-de-açúcar é seu principal mercado. A prova maior disso é que a empresa desenvolveu o VTX 9040, maior transbordo do mundo, com sete eixos e capacidade de carregar 40 toneladas.

Além disso, durante a Agrishow 2019, a TMA Máquinas lançou seu primeiro transbordo de laranja, possibilitando mais inovação para este mercado.

Desde sua fundação, a TMA já comercializou equipamentos para diferentes países da América Latina e para os EUA, tornando-se assim uma referência para além do nível nacional em seu segmento. Nesse sentido, a marca é presença frequente nos maiores eventos do setor, como Agrishow, ExpoForest, Seminário do Gmec, Congresso Nacional de BioEnergia e etc.

Além disso, grandes nomes do setor utilizam seus equipamentos. Entre eles estão Usina São Martinho, Grupo Raízen, Usina da Mata, Usina Santa Terezinha, Usina Batatais, Biosev, BP Bunge, Usina Uberaba e COFCO, por exemplo.

Fale com um consultor de vendas

O da plantadeira de cana está aumentando a produtividade do setor e trazendo novas oportunidades para o campo. A possibilidade de usar um equipamento moderno, que reduz custos e melhora a operação, está conquistando grandes nomes do setor a operar com plantadeiras de cana.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre a plantadeira de cana PTX 7010, fale com um consultor da TMA Máquinas. Clique aqui e deixe sua mensagem. Conheça o que há de mais moderno em equipamentos e invista em inovação para ter um alto desempenho.

Artigos relacionados

13 julho 2020

Campanha contra incêndios tem indicativo das áreas suscetíveis

A novidade da 6ª edição da Campanha de Conscientização, Prevenção e Combate aos Incêndios é a incorporação de tecnologia. Diariamente, pelo período de cinco meses, serão disponibilizadas ...